Pular para o conteúdo

Tecnovigilância: a importância da tecnologia  no monitoramento dos alertas da ANVISA

Nos primeiros quatro meses de 2024, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu 6654 notificações relacionadas à tecnovigilância. Esses alertas ocorrem quando equipamentos hospitalares estão em mau estado ou apresentam irregularidades legais, colocando em risco a saúde individual e coletiva dos pacientes. Para evitar essas situações, é crucial que hospitais e unidades de saúde garantam a manutenção adequada de seus equipamentos médicos, assegurando a prevenção de possíveis riscos.

Tecnovigilância

Em resumo a tecnovigilância refere-se ao monitoramento e à avaliação da segurança e eficácia de equipamentos médicos em uso. Quando há falhas ou irregularidades, a Anvisa emite alertas para informar as unidades de saúde sobre os potenciais riscos associados ao uso desses equipamentos. Esses alertas são fundamentais para a proteção da saúde pública, pois permitem que ações corretivas sejam tomadas rapidamente.

Riscos da Falta de Manutenção

Para aprofundar mais sobre este tema, o Jornal da Record News entrevistou Alexandre Fontes, gerente da Globalthings. Durante a entrevista, Alexandre destacou os riscos associados à falta de manutenção dos equipamentos médicos, tanto para os pacientes quanto para os profissionais de saúde.

“A ausência de manutenção preventiva pode fazer com que os equipamentos fiquem expostos a quebras durante procedimentos, comprometendo a segurança do paciente”, explicou Alexandre. Ele também mencionou que para os profissionais de saúde, a falta de manutenção pode resultar em equipamentos não funcionais, que precisam ser levados para conserto, expondo-os a riscos adicionais.

Frequência das Notificações

O número de notificações emitidas pela Anvisa chamou a atenção, levando muitos a questionar se isso representa uma média alta em comparação com outros países. Alexandre esclareceu que esse número pode variar, mas ele destacou que, durante a pandemia de COVID-19, houve um aumento significativo nas notificações devido à importação massiva de equipamentos médicos, especialmente ventiladores pulmonares.

Importância da Notificação e do Alerta

Quando um problema é identificado, os hospitais são obrigados a informar a Anvisa, que então coleta essas informações e emite avisos para outros hospitais. Alguns hospitais, conhecidos como hospitais sentinelas, desempenham um papel crucial nesse processo. A Anvisa também notifica os fabricantes dos equipamentos médicos, que podem emitir recalls para corrigir os problemas identificados.

Alexandre mencionou que há diferentes níveis de alertas de tecnovigilância: leve, moderado e grave. Esses alertas são essenciais para garantir que os equipamentos médicos em uso sejam seguros e eficazes.

Conclusão

A manutenção adequada dos equipamentos médicos é vital para garantir a segurança dos pacientes e dos profissionais de saúde. As notificações e alertas emitidos pela Anvisa desempenham um papel crucial na identificação e correção de problemas, prevenindo riscos e melhorando a qualidade dos cuidados de saúde.

Para mais detalhes sobre este assunto, assista ao vídeo original da entrevista com Alexandre Fontes abaixo:

Esperamos que este post tenha fornecido informações valiosas sobre a importância da manutenção de equipamentos médicos e a relevância dos alertas de tecnovigilância emitidos pela Anvisa.

Com uma gestão de serviços eficiente, os hospitais e outras instituições de saúde podem assegurar que seus equipamentos médicos funcionem de forma segura e eficaz, proporcionando cuidados de qualidade aos pacientes e garantindo a segurança de todos os envolvidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *